Battelle Bioremediation Symposium 2019

Entre 15 e 18 de abril ocorreu o Simpósio Internacional de Biorremediação e Tecnologias Ambientais Sustentáveis (Battelle), em Baltimore (Maryland, EUA).




Representando a CPEA, foram Cristina e Igor (GPA), tendo sido apresentado um trabalho sobre aplicação de amido para biorremediação de nitrato.

A abertura do evento foi com J.A. Cherry, uma das principais referências em Hidrogeologia, tendo feito uma retrospectiva do nosso conhecimento sobre a natureza da contaminação desde as décadas de 50/60 até hoje. Ele finalizou a palestra comentando que é difícil termos água subterrânea pristina e que talvez nunca tenhamos um site completamente remediado pois sempre surgirá uma substância química emergente, como é o caso agora dos PFAS e PFOA, contaminantes de maior preocupação nos EUA no momento devido à alta solubilidade, persistência, toxicidade e… estão em todo lugar.

Embora tenha sido o tema focal biorremediação, diversos outros temas foram tratados (contaminantes emergentes, remediação sustentável, remediação de sedimentos, intrusão de vapor, fitorremediação, comparação de resultados de diferentes tipos de remediação além da bio, suficiência de dados para definição do modelo conceitual).

Foi uma avalanche de informação, muitas empresas ofertando um número incrível de produtos para remediação (bioaumentadores, bioestimuladores, redutores, oxidantes) e muitas ideias para buscarmos colocar em prática!

O próximo evento será em Portland, no Oregon, no ano que vem, voltado a remediação de solventes clorados.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo